Música

terça-feira, fevereiro 14, 2017

lado alado

nestes dias perennes
que chegam atras uns do s outros
a palavra de verbo amar
chega connosco se houver
asina para se ler
napalma de mão dada
o passo passado
eco dessas plantasque sempre poisamos
de mansinho aonde nos descalçamos
umpoquinho
para nos sentir breves ea nu
o sopro de algo supirado
assim qual brisabreve num ouvido amado
em saber ouvir
e nessas palavras pequenas
que me contas de todas -las maneiras
quais cintilam as estrelas fixas
essas que nos dizem que são verdadeiras
essas que nos dizem que sao verdadeiras
e tu mas dizes sem sequer pensar
no nome na qualidade
talvez seja assim amar
saber que o segredas a pessoa correcta
e que todo o mundo equivale a uma grande recta
para se caminhar
a par
para se andar serenamente
lado a lado
para se conjugar
o meu ser, o teu ar
com a terra e o céu estrelado

Sem comentários: