Música

quarta-feira, janeiro 14, 2009

Os percalços de (sobre)viver

Pegue numa rã, coloque em água a ferver e veja como salta cá para fora sem mais demora…

Coloquemos um ser humano perante a dor, o sofrimento, a atrocidade e vejamos como este reage, como foge ou enfrenta essas mesmas atrocidades, conforme a sua capacidade e valores.

Pegue na mesma rã, coloque em água a temperatura ambiente e aqueça lentamente… muito lentamente; a rã termina por cozer sem se precatar. Não foge, não reage…

Coloquemos um ser humano - exposto todos os dias a guerras, massacres, roubos, corrupção nos meios políticos e nas esferas da direcção social… enfim – o triste prognóstico de todos os dias quando se liga o telejornal, se vê os programas sensacionalistas e afins ou se massacra anos a fio com a teoria da crise.
Vejamos como se colocam notícias de catástrofes junto aos resultados de jogos de futebol, ou como as últimas massacres de Gaza são equiparadas pelas notas de rodapé aos acontecimentos políticos do dia no contexto local…

Notas de atenção consciente para os percalços encapotados de se ter de (sobre)viver nos dias de hoje.

Quem espera combates épicos com os maus da fita sendo verdadeiramente maus e os bons sempre bons, embate neste mundo de lusco-fusco, nesta neblina que se faz mais e mais densa e que ofusca o Sol de iluminar o caminho com sua luz.

No fundo, o importante são as pessoas que se ama, os valores que se cultivam e as acções que os fazem valer. Mas é sempre bom estar desperto para a forma como – subtilmente – podemos estar a ser levados para rumos que nunca desejamos.

Um abraço, até breve!

segunda-feira, janeiro 05, 2009

Taiji também...



Arte, porque inspirada; marcial por ser disciplinada...




(P.S - para variar, não te esqueças de "clicar" na foto)

sábado, janeiro 03, 2009

Tai-Chi

Quando se procura a harmonia na vida, uma imagem – uma melodia – valem mais do que mil palavras.


Arte, porque criativa e jorrando do coração; Marcial, porque requer perseverança e trabalho a sério.


Fica aqui um vídeo que vale mais do que mil palavras.






Artes marciais servem mesmo para colocar o indivíduo em harmonia consigo mesmo e com o que o rodeia…

(P.S - não te esqueças de clicar a imagem, ok?)