Música

quarta-feira, maio 27, 2015

A MAIOR




de um castelo de prata
assim nós viemos
umas luzes sendo
outras 
assim apareceram

filhos 
de sol 
luar

umas estrelas
assim alvorada

alvas e finas
tão belas
qual lágrima senhora
quais vossas lágrimas

assim sendo
qual
uma só


água de luz
a mais bela
a mais pura

que 
de 
espelho 
de
prateado amor

assim 
à 
luz traz

dando 
luz de si

mais pura
assim 
se
compraz


sexta-feira, maio 15, 2015

SEREMOS SERES MAGISTRAIS - QUANDO SE REÚNAM AS SOMBRAS E SE RENOVEM OS PARTIDOS VESTIDOS


canta um ser solitário
num local infeliz
o que mais ama
extraórdinário
seu 
alegre e livre
petiz




em 
mares 
nunca dantes chorados
assim 
desembarcou
assim ficando - entre os nados
assim
chorando
se 
elevou




entre 
solidão 
dos 
dias e horas

decoras letras de vida e de amor
cantas às
cigarras
guitarras tolas
esperando que te devolvam 
seu 
ECO DE LUZ DE VIDA E DE AMOR

assim
são - refrão 
coração

de 
vidas

assim 
sendo
repetidas

tantas
tantas 
vidas

assim 
sendo
assistidas



assim

quando amas
desesperas
esperança que levas em peito e que choras e "anelas"

Assim qual nuvem que tolda a vida que mais não solta
a sua linha
de vida
sua hora "certinha"

assim vendo
assim sabendo

olhando
assim 
podes
te
inspirar

diamantes em paredes reflectidos
todos os "nados"
assim sendo revividos

uma esperança de voz feita criança
vem a teu lado
assim
tão leve seu BRADO
que nem se possa ainda
nem bem´nem ouvir

o seu retrato
espelhado
assim detrás
qual parede
de 
quadro
que 
em vida
 se 
possa 
assumir

as estrelas
assim revividas
em linhas de estrelas
em vidas
assumidas
assim
se podem reflectir
em teus olhos espelhados
de lágrimas´velados
assim se podem
sentir

espelhados 
lado a lado

olhares
assim vistos


revistos 
d'entre
tu e eu

luzes de esperança
em 
cada ser criança 
que passa 
pela vida 
que nos foi dada 
e unida
em espr'ança 
assim
"lavrada" 
escrita viva 


lacrada


do 
teu ser exala
a vida 
que 
por si mesma 
fala

de 
seus lábios 
nada 
se 
descreve

assim 
tudo 
se
soma e segue

resumos de vidas singelas
 tão puras
 tão belas

assim se faz ressoar 
a
vida e obra 
tua 
que 
ainda 
paira 
no
Ar





amar 
cuidar 
sentir
a vida a 


para
a
vida

HU
 Mana







ANDA
VE
l
a

a
brilhando

apares 
acendendo
fixos




encontrando-se
qual
barcas silentes
assim
renascendo

veludo
sentimento

sentir
que 
levamos 
dentro

palpitar
em sol e luar


nos 
corações das vivas
gentes



quando 
as 
nuvens nos trespassam
e o 
luar assim
se perde
e as
estrelas se embaciam e passam
olhar assim
desmente

as lágrimas celestes vertem
as 
suas dádivas na noite escura
e o 
sol brilha 
pungente
na 
dama mais alva e mais pura



UM 
SOL
NA NOITE ESCURA 
A BRILHAR
A COR DE PURPURA ALVURA 
EM DOIRADO ASSIM A PINTAR





assim 
sustidos
@ssim
sendo
sentidos




sem 
se 
encontrarem

ASCENDE
sol
pequeno 
@caso

assim se vendo

passa
para @ lado

 maior 
valor




vero caminho
a
via 
sentido

mais
 além do sol 
pôr

ver  e viver
é 
caminho

olhar em frente e crer
se vê sol pôr e sol a nascer

entre ambas as linhas se mantêm os versos
linhas 
de 
aspectos submersos

reflexos de vidas a se espelhar
que 
assim se terminam 
se se 
fazem

conjugar

assim entrelaçadas 
assim sendo de novo erguidas
 pelas vivas estradas 
sendo 

assim 
em
vida 
percorridas


percorrido
´como
 vida
assim 
ainda o sendo

VIVENDO








perfurando paredes
assim todas
elas
pedradas

sendo assim quais enganos
pelas vias
assim sendo plantadas

sementes de vida e devoção

caminhos de tenras idades

assim
sendo

com 
a
devida atenção

que
 mais 
prezares



da 
forma e maneira

viva pura bela
caravela´nau
de vogar
por entre mar de sonhos e de luar
e entre as vias e vidas assim bem cuidadas
permanecer livres e vivas e salvas

guardadas



inteiras
assim 
as
aguardes




As crianças
sementes viventes
em 
nós sendo
por sempre
PRESENTES

assim 
as 
levamos 
louvamos
assim por sempre 
em nós 
as plantamos

sonhos de vidas
mais de mil

que 
acontecem 
quais sonhos
trazidos desse @ eterno jardim

assim ainda aqui estamos
assim @ lento

que 
por dentro 
rezamos

assim 
quando
nos 
encontramos

alento de vida
assim 
sendo 
florida

vida em flor de amor
ósculo de vida maior






sendo vivendo e sorrindo

assim se re
novam

assim se dizendo
sentindo

assim
se 
conjugam e jogam´

letrinhas entrelaçam
se 
assim
se 
enamoram



transformando
 - tanto - 

assim qual clarão 
de 
vida e coração

assim se transformando 
em 
vida e sono 
- evocação -



um momento
 um segundo
sendo
forte lento
sendo 
profundo

A
eternidade
além 
tempo e idade

essa
estrela
A
amada

será
assim 
sendo

A

chamada

socorrendo

assim

quando


chamamos
permanece

sem
aparecer

sendo 
A

devoção
em 
imagem
por 
dentro

sendo levada
e

por 
sempre
A
VIDA

de
ser
evocada






As
andorinhas
de 
asas 
vivas

a

trazer novas
de 
vidas

alegrias

dia e noite 
em 
pleno 
dia se unir


ver esperança de cor
e sentir esperança maior
e ver a
luz trespassar


esferas de luz e de cor
verde e doiradas
se agitam
sementes que vibrando
vida 
assim






ser vivente
livre
entre agente
que 

a vive
em vida e virtude
certa
assente




 que 
ainda

HA
M
A
(is)