Música

segunda-feira, fevereiro 06, 2017

as faces do viventes reanimadas pelas suas mesmas gentes

desde essas lagrimas tidas como que decoradas quando aparecem as presperctivas de se esgotarem suas caras lavadas
de dias e dias epsarando nao mais estarem marcadas
assim ao se renovarem os sulcos por aonde habituavam a assar e ao setrazerem de volta as linhas de sorrir  viver
com as que se cosntumava  rimar assim e talvez sendo livres de vez
porderemos  depois olhar
o rosto ainda sem nome próprio
nome que nos  de  tambem ao saber regressar
ao mundo dos viventes
aod dos que creem as forças da vda e animae  cuidam das gentes

Sem comentários: