Música

terça-feira, dezembro 13, 2016

dos textos mai slongos aos poemas mais cvrtos o abraço poderia ser na terna idade tempo sem fim mesm sem sever braos em derredor o abraço de qvem antes de o se já o era dez lvas nove meses qvarenta semanas - qval flor na era - na via lactea à espera para jorrar de mel e vida para este nosso lvgar

nas calendas ainda por contar
nas doces lendas qvenos fazem a creditar
nas  peqvenas coisas do dia a dia  tão importantes qve nem se viam
nos abraços tantas vezes pensados e menos ainda  chegando a se  dar e nessa hvmildade plenitvde e verdade ao se  saberem  trocar
esses papeis do dia a dia chamarada fria  chamada  qvente
escolhas do nosso novo dia em serem qval bem sendo presente
e estando a se  doar a presentear q vem nesta força de vida se entrega
ao regressar desse  lonje  ser  desse beijar
assim se encontra realmente
olhar em olhar
mãos em de-redor acolhendo e abraçando
gemas de viver
alentos proximos se entretecendo e corações de vida palpitando qvas tambores do mais além qve parece qve sabem bem
qve se saem de aonde estavam e bem marcando
sev lvgar o sev lar o lar qve se  ama e se demonstra entr'io  tempo rodado
por enqvanto antes desse tempo ser tempo passado e a  ocasião se perdesse
e o tempo se enaltecesse por saber  ovvir e a tomar
com vontade com força de verdade assim a coragem para alastrar essa chyamarada vvente  essa vida qval pingente qve  da rama mais bela parecia estar periclitante a cair e  se deixar ir e qvando  tomada  nos labios beijos de  fraternidade nunca encontrada a se  sorver oliqvor mais docedos cévs doo sev amor  qve se eleva  por dentro se leva e por  fora nos torce nva f igvra qve não é só tva  nem é apena sminha e do amor pelo próprio amor  qve  foi qve nos  convidov em toda e cada linha a se saber alinhar  em cada verso em cada desejo  transformado em  calor e vida e ser  qve é igval a  ti a ssim sendo abraçado... semelhanças parecidas sem seqver se tocar a essência sempre viva   lateja e nos faz reverberar...

é essa que os comove é  essa qve depois vai
connosco sempre connosco para assim poder levar é  essa qve vai  sempre vai alie aonde a puderes levar é  essa sempre essa qve poderiamos ovtro dia ovtra vez  assim contar é  essa sempre essa qve é a primeira a nos  convidar

Sem comentários: