Música

quarta-feira, março 26, 2014

Um saúdo e uma rima... uma lembrança ja mais contida

DECLARAÇÃO UNIVERSAL DOS DIREITOS HUMANOS 

Adoptada e proclamada pela resolução 217 A (III)
da  Assembleia Geral das Nações Unidas em 10 de Dezembro de 1948




Artigo XII

        Ninguém será sujeito a interferências na sua vida privada, na sua família, no seu lar ou na sua correspondência, nem a ataques à sua honra e reputação. Toda pessoa tem direito à proteção da lei contra tais interferências ou ataques.

Depois de um desastre - notamos o que nos falta...

Por vezes - são necessários milhões de desastres consecutivos para compreender - que o mesmo potencial - POSITIVO - também é em nós...

Hoje em dia - temos... e somos - o mesmo potencial vivo...

Que se estende, que compreende... que sabe e sente - certamente- que a sua essência clama... chama... essa viva chama - que por dentro queima sem se ver e arde por onde quer....

somos assim -a  vida em turbilhão.. a água dos céus descida - aos céus de novo erguida - somos a água da vida... e nós somos A VIDA - que alguns queiram, quer não...

Fica o lembrete - em artigo de capa e estilo - de um outro tempo assumido - e da sua fiel e firme determinação...

Hoje abrem brechas novas - que podem ser as da nova era que se anuncia ou a nova perspectiva - de que VIDA - emti... em mim... é a MESMA VIDA...

Notar e sentir e agir assim...

e lembrar - porque SIM!

Lembram a força desse mesmo "SIM!"

e da palavra dada - confirmada - e assim celebrada - e a outrém assim dada
pode dar força
e vida...
e - acredita
que não custa nada...

São seis BILIÕES (mais ou menos) de seres humanos neste nosso lugar mágico...
se cada um - de nós - emitisse uma palavra de ánimo - num momento determinado

já imaginaste o resplandor?

de fogo
de vida
de energia
em nós sustida
a alimenta mais valia
a desenvolver um mundo novo
onde tanta gente não via

a acontecer
dia a dia
debaixo
da tua
própria
lingua

e tu
e eu
em silêncio
à espera
a dar
berros
como quem desespera

sem sequer
uma palavra
como uma fina flor
que fizesse
num mundo novo
clamor
de vida
de luz
resplandor...

Imagina
é possível...
apenas
o eco
dessa luz
risível
ainda não se fez visível
totalmente credível
entre nós...

acredita
é
bem
possível

palavras de positiva essência
ecos vivos
da tua própria vida
dirigida
por consciência definida
para melhoria
e para melhor...

acredita
por favor...

um saúdo
que rima...


Sem comentários: