Música

sábado, maio 26, 2012

What Dreams May Come... Asas de Luz


 Quando tudo parece apagar...há um outro tempo... um outro lugar... onde o poder não impera... onde a vida é mais do que quimera... onde a verdadeira estrutura "social" é a pautada pela consciência expandida e o amor universal... habitando um e outro lado do espelho... procuramos estabelecer pontes de equilíbrio, verdade e paz...sendo pontes... procuramos unir o que muitas vezes se quer separar...


Tensão complementar... entre o mundo real... onde tudo é possível, o templo do Ser... e o mundo factual... onde as aproximações desenvolvidas, pelas mentes mais evoluídas, promovem o crescimento piramidal em busca da dança das esferas... harmonia universal...

Habitando o mundo do meio... intuindo, expandido, visualizando em amor, vida, paz... somos guiados... pela verdade elevados... unindo cada vez mais nossa vida ao Ser Universal...



Cada passo dado, no sentido determinado - abraçar, fluir, voar... é uma nova pedra, na ponte que une os mundos... interior... e factual...

Até um dia... no que a cortina se dissolva... e a água do espelho já não mais escorra... e o abraço ao Ser Total te volte a despertar...



De momento espera... compreende que a medida da dor que sentes é a distância em separação da verdade que habita teu peito afinal...



Integra... que cada parte do teu ser é uma nota da harmonia do teu Ser Universal...

Medita... que a dor e alegria do mundo vão o teu veículo etéreo tocar... que podes ser artista talentoso e certos acordes aprender a tocar... para fazer reverberar... vibrar... aumentar... sintonizar...

Desperta... enquanto és vítima dos elementos, cavalos selvagens teus sentimentos, potencias por harmonizar...

Descobre... qual a tua frequência, qual a tua essência, qual o teu canal para a luz do Todo Sintonizar...

Inventa... o teu caminho entre caminhos... tua forma depois de seguir as linhas e rectas propostas neste lugar...

Reflecte... vida que provém do centro... verdade do momento... luz do teu amar... traz essa vida ao nosso vagar... para que haja estrelas no céu... e estrelas a caminhar...



Coragem amig@ peregrin@... o Sol brilha no teu olhar




Sem comentários: