Música

sexta-feira, abril 27, 2012

Ritmos Entrançados




Se as minhas ideias tocassem as tuas palavras… e da sintonia se fizesse um novo falar…

Se o teu corpo tocasse minhas mágoas e, do milagre, se fizessem os nós desatar

Se o coração inflamado soltasse sua vida pelo ser amado – quantos poderiam voar?

Somos palavras no vento, ramos que ondulam no tempo, palpitações do eterno feitas brisa singular…

Um só momento, uma só volta de sentimento e tudo pode recomeçar…

O vínculo interno é secreto… presente… suave enamoramento… música para ti e para mim vibrando sem cessar…

Asas abertas - meu irmão que voas, minha irmã que sabes pairar… asas abertas para nos abraçar…

Dançamos na vida, deslizamos nos tempos… para nós não há momento nem lugar…

Soltamos amarras, abraçamos sonhos… sorrimos iluminando os recantos… somos verdade para libertar…

Vivemos nas ondas da vida… nosso calor invoca seu palpitar…

Sem comentários: