Música

sábado, abril 07, 2012

Mar és



Quando toda a sede de ser tenha fim
Quando a tua dor esteja perto de mim
Quando a coragem seja o dom do amor
Quando a vida supere o sofredor:

Assim se fará viva e sentido
Assim será mundo por tocar
Assim sereno e vivido
Assim: pairando sobre o mar

Entre as ondas da vida há recantos
Que mente não pode encontrar
Entre as linhas da vida há momentos
Que se não podem revelar

Se fores livre e una
Sem te deixares levar: entregar

Há um mundo de coisas novas
Que se podem alcançar… beijar

Tudo gira à sua volta
Tudo em função de ti
És nuvem na terra à solta
És vida a nascer em mim

Há campos silvestres florestas abertas
Há um oceano sem par
Há mundo para vibrar e sentir de pleno
Vida para Abraçar

Em todo o mundo há uma porta
Em todo o caminho um parar
Em todo o sentido um afronta
Em todo termo recomeçar

Vida: suspiro sem fundo
Alma aspirando amar
Viver: ir mais fundo do que o mundo,
Silêncio: esfera celeste ou amplo mar

Sem comentários: