Música

terça-feira, agosto 07, 2012

Quando



O mundo não avança... a sintonia de criança deixa seu eco por um triste e frio lugar - onde sombras passam, vozes ecoam... seres se permeiam sem se encontrar...

E no vazio: neste meio desatino/ destino... velado para quem quer caminhar - procuras teu rumo como doce perfume... encontrar teu passo e teu caminhar...

E quando as estrelas se velam e já nada chamam  de ti... e as vozes se abafam ao sentir que se encandeia a esperança, a vida perde o seu por vir...

Se a vida esmorece no teu ser... se o teu ser deixa de se ver... se em redor apenas sentes carcassas frias... cores esbatidas... sonhos vagos que se perdem num tunel sinistro vogando para uma noite sem luar;

Então clama - pede ajuda - que o teu anjo de guarda desperte, que essa tua gente que te rodeia te ilumine...

Diz: já não posso mais - que os vossos sonhos, a vossa arte - o vosso coração ancestral

Embale este meu que está esvaído... e o façam elevar... para voltar a sentir  vida plena... o hidromel sagrado... a doce bebida que alimenta - a alma, a vida e a coragem do guerreiro velado...

Desperte o tigre, ruja o leão... que o foco de vida seja plena devoção...

Que o sangue fervente do áureo dragão seja forte o suficiente para inflamar teu fado...

E das ruas vazias... dos ecos passados... das imagens perdidas de ecos apagados: dessas tuas ruínas - surja um grito - berro embalado - de quem desperta do seu sono e se encontra a si mesmo agarrado a um novo ponto de luz - calor - mundo dourado...

Estão a afundar teus sonhos, a consumir teu sangue, a fazer tua vida um mar seco e uma praia distante...

Névoas percorrem as manhãs... gentes errantes levantam seus corpos sem que sua luz as possa acompanhar:

Por isso tu grita! Desperta! Espevita...
Estrebucha entre as ondas - mas não te deixes af(i)ndar!

Há mais forças neste mundo do que a vontade de te comandar - existe uma nascente pura onde está o teu verdadeiro lugar:

Vai e encontra!

Por muito que o mundo queira mentir,

Por muito que o destino pareça se divertir - tu centra teu foco e teu olhar - no único ponto, na estrela dourada - assento verdadeiro do teu sentir e vagar...

Vai mais longe... não te deixes ameaçar - e liga as ancoras que deixaste no passado para que se façam vivas no presente singular...

Invoca o que de ti sabes - que estás aqui para crescer - avançar - e amar: verdadeiramente - não apenas a um ser em particular....

Estende tuas asas e prepara-te para voar - no fundo somos dois dias - um para nascer - outro pra lutar:

Se souberes que já tens o teu lugar prometido - qie te impede de ir mais fundo - de ir e desafiar?

Tens a espada quebrada, tuas pernas a vacilar? teu escudo rachado e tuas vestes a sangrar?...

Esquece amigo - tua força é teu coração - o resto - mestria e destreza - vêm quando as aplicares na palma da mão- em direcção certeira ao que te comanda a verdade interior

Por isso crê - que vais mais longe daquilo que toda a gente vê

Crê - que há mais vida e sentido od que aquilo que os mundo em redor te mostra e revê...

Sente - que o teu enigma é teu e de mais ninguém - e vai mais longe pois mais longe está tua vida que a vida sustém...

Assim - sem medo - avança - que vais mais rápido e mais longe do que toda aquele que se deixa na posança...

No fundo - estamos a caminho já - alguns repararam, outros querem-se deixar ficar.

Tu - que estás ordenado - para andar - VAI

Sem comentários: