Música

quarta-feira, agosto 15, 2012

O jogo divino

O que Deus espera é a revolta - espera que o desafies na sua força e na sua forma...

Espera que o reencontres por te testares - por o amares - por sentires que deste o litro - até caíres e
tombares...

Espera que o retomes - que o vejas e o encares - que vás além do temor de te reencontrares - dois olhares - um só espelho de vida...

Esse deus espera o teu pronuncio - espera que te lances mais fundo - do que algo ou alguém alguma vez ousou mergulhar...

Não te deste conta que Ele ousou Te desafiar? Quem pensas que te deu Nome?

Não entendeste que te marcou os limites para te ajudar a avançar?

Pensas que te levantoubarreiras para te deixar ficar? Sentes que te estabeleceu quimeras para te aborrecer sem sequer as tentar?

Esse algo te espera - espera o teu dó de peito - o teu sangue esvaído no palco da vida depois de teres dado o tudo que te pertence e ao que te entregaste de forma inventiva...

Esse Deus te espera - ao virar da esquina - porque estás a caminho do desafio que te ilumina...

Em cada momento de elevação, em cada integrar com vida plena toda a força em teu redor... ao arriscar ir mais longe - ao aceitar a voz do que te interpela dizendo-lhe não com teu próprio nome - é assim que cresces...

Esse Deus não espera um povo balofo, não espera títeres ou fantoches - espera seres livres e pudentes... seres ousados e arrojados que abrem linhas onde apenas havia batentes...

E gosta do teu esforço - pois sabe o quanto te faz crescer... e aceita o teu desafio - pois sente quão perto do seu trono tu queres aparecer...

Por isso te espera e sorri - a cada novo gesto ou passo... aparece e diz "tens carácter ser ideal" - aproveita essa linha e faz de ti algo mais do que animal...

Usa a força de vida que em ti jorra sem cessar e - com um toque de magia - faz da consciência teu canal...

Ferramenta de vida e motivo do jogo final...



Sem comentários: