Música

terça-feira, agosto 14, 2012

Por um mundo melhor... ser o que se é

Estamos num mundo no que - constantemente - somos interpelados a escolher caminhos já trilhados, passos já marcados...

Desbravar terreno é expandir horizontes... de certo - incomodar...

A nossa diferença - incomoda: não sabemos quem ou o quê - mas, de certo, que algo ou alguém desejou essa diferença para que se expandisse e crescesse... para que pintasse o mundo com as paredes do amar, do sentir, do vivenciar...

Entretanto - somos convidados a permanecer no lugar... a ir desvastando sonhos trocados por objectos, cargos, salários, posição... estatuto...

Somos convidados a entrar nos lugares cerrados cortados a eito no frio diamante diário...

E o coração puro -que palpita sempre diverso... sem nunca repetir duas vezes a mesma voz... cristaliza numa série dourada de estruturas ordenadas geradas por máquinas sagradas para que os escravos se mantenham em volta da mesma fé: a fé de um caminho único, de uma mesma forma de falar, sentir e esperar...

No fundo - já somos assim - só que ainda não abrimos os olhos para ver que - mesmo um encontrão - é uma forma profunda de comunicação...



Sem comentários: