Música

quarta-feira, março 02, 2016

as lagrimas vertidas em chegarem as partidas velas as asas ao rever as chamas asim bem pisando quando entre meias as peugadas nas areias sobem - nas mares ad voguem assim bem bar cas s ea ch e g an do

UMA POES
IA
OUTRA AS
SIM 
BEM E TAM
BÉM SE DES
DIZ
Q
v
A             N 
D
O      A
 V 
Ê      S



Ú

N

I       C

OS              SO
M
S













ORA
a'
s
a
sim bem
avia
e
jar
a
s
assim qual
quais as pau sas as as as
assim es
ba te ndo

quando se juntem asimvoam ora voguém por a dentro por ai por ti por maisalém por ninguém por ora de dia ora de alvor
ora de alvorada ora de dia sem ter sido marcada ora a
mais
pvra


a dita aurora
de um dia que grita e ua grande der a outra

assim o doer sem se doar sem ter des er ao se de s de a dentro a saber bem pois ar
assimqual sentido ora sentimentoqual o sor  rir
que bem el e va mos por ai a dentroora por a mais al guém por amor a ninguém por
ai for asempre ascende acendendo uma lagrima uma rimauma hora um amr - qual favor sem ter de ser per dão ora pendão sem terd e  ter
dessa aa ve blasonada assim qual a brasão semnobreza bandeira has te  ada

assim uma rima ora aum cantico can teiro certeiro
o ar o queerr o arqueiro o ser de viver ora de vida
em ser humanai dade assim força e forma perdida em plas ti cidade
assimqualuma outra forma e maneira de bem olhar um ser ao lado lado alado - sm ter de ser dee star
sal gada assim a força aform aapalavra a agoa as mágoas ao futuro bem ascendemquando por entrias   sor


assim asas desse algo que bem sabe s er de alvoradaa sim um a aguia pequena ora avidaENORME A SIM CEL  e brada  sem ter d ser em ment ir  assim e voar  ora aogar ora partir sem deixar de se de
di
z
e
r
assimespelhando uma  froça uma gforma umlugar que bem pro dentro e ren
as
ce pr entre opor enuanto - quando asim parte a vida e bem a sim - ao ascer auqnaod assim regressa a vida e renasce a sim - qual - o SER  assim em ti ao centroo alvo o UN DA men TO - assim a mais alguém aninguém alémda  mente ser cons  cien te a sim con se quancia  sem terd eestar ora au  sen  cia a ssim qual uma vida um alide um apornuncia - assimqual un«m a pla  a vra a sim sem abrir ora a berta a sim aporta apraia que per man e cera a sim per man e ce
sse
des
e certa  assim qua e quando o vando que vai e voga a sim vof«gando ad mon
es tar a
assim a lua as
estrelas as notas mais altas masibaixas as horas masi belas asim - tam bémcheias asim bem preen chesse e s em assim sed eeter asim bem - soubesse quandoe como  e pro entre quantos   fieis momentos fragmentos do se u do ce encanto asim qual um saber desde
sempre que uma a
de es
ti
lha está ça
dando  assim qual um vogar um mudar um permanecer e chegar ao tal ao doce encontro por netri a orça a forma e  ao seu bem fazer e ao  rumo mais certo que ainda se s aber entre si e de si mesmo entre te cer





Sem comentários: