Música

sexta-feira, julho 24, 2015

"CORREDOIRAS" - corredores de luz doirada - medalhas silenciosas por entre gentes honradas...


Quando os pés NAVEGAVAM

por entre areias e praias - e marés- os nossos pés - navegavam...
os carros de fogo - ardente compaixão assim vogavam

nessas veredas aldeias solitárias - assim se entregavam
a percorrer estradas- apertadas- de água plenas - de gentes cheias- e encantavam...

esse ir em frente - por devoção de uma causa - que não se compreendendo - nos levava.... de bem a melhor e - nos bem acelerava
e correndo e elevando... os pés

- por ondas e marés que bem passam
no passado´
sentíamos o vento a assobiar - mais não gente - um vivo brado

e entrando nessa meta - que mais ninguém poderia achar - encontrávamos uma porta - talvez secreta - para o centro do coração - assim barcas viventes vogando e ao centro silente - da vida- apenas - regressando




Sem comentários: