Música

quinta-feira, maio 29, 2014

Recordar - o que é para recordar...

Quando perco o que sou...

existe um algo
trazendo de volta
os que ficaram estilhaçados

existe a luz
a esperança

existe um ser grande
com voz de criança
que no teu peito
e no meu dança

voz de ancestral lembrança...



E o regressar
De se diluir o ser
No Ser e persistir
E depois voltar

Guardando registo
– impreciso, não fixo–
da marca da consciência
do caminho e do reentrar

Do “algo” que te diz além do sonho
Ser o sonho a realidade real
que traduz a realidade pequena
deste nosso mundo de ideal…

tão grande e vasto és…
tão pequeno pareces ser
vai assim a tua essência além 

Sem comentários: