Música

terça-feira, janeiro 17, 2012

Espelhos









Quando as forças falham, é quando uma OUTRA força deve entrar no jogo
Quando as asas se encolhem e o o frio regela a vontade
É quando uma outra chama deve surgir



Quando os tempos pedem que lutes – não pelo valores ou pelas pessoas
Sim por egoísmo e auto-preservação
É quando deves pousar a espada e agarrar com todoas as forças o teu coração



Se os fados parecem escuros, e os desígnios do destino um desatino
É quando deves clamar bem alto o nome da libertação
De certo que essa alma irmã está atenta e ouvirá…



Neste tempo de sombras é preciso sonhar com a Luz
Neste tempo de luta é preciso pensar com a razão
Nestes tempos de caos é precido amar o que UNE e LIBERTA
Ainda com maior fé, foco e dedicação



Quano o teu cisne dá o Dó de peito
Quando as tuas cinzas se fazem Fénix
Quando a tua luz se extingue para um novo dia
Lembra… o ritmo que late no teu coração é imemorial
Lembra – o sangue que te alimenta vem das profundezas do mar



Recorda, a fé no passo seguinte vem desde antes de aprender a andar
Foi a própria VIDA que te ensinou o que ÉS… por isso RECORDA!


Sem comentários: