Música

quarta-feira, janeiro 01, 2014

Dois países... uma linha... um vale... histórias... até que se faça real...


Timor Lorosae - Nibin - Oe-Cusse - 2004 -
 Posto de saúde a reabilitar
Aspecto anterior à intervenção
Missão Humanitária




Espero que la creatividad y las ganas de mejorar la sociedad sigan en pie… y sigan con GANAS…

Como sé que estás motivado para el tema… recuerdo lo que implicaba lo de “REVER”.

La Cuestión del espíritu de las “plazas” y de los “jóvenes” y no tan “jóvenes” está muy bien encuadrada…pero – LUCHAR CONTRA ÉS PERDER… LUCHAR POR ÉS VENCER…

Si tienes una META CONCRETA, DEFINIDA Y DISCRETA… y una VISIÓN DE COMO SE PUEDE AMPLIAR- entonces la RENOVACIÓN – puede pasar.

En medios locales- como tu Mondariz… es posible…

trabalho em comum... gente que sorri
algo tão simples e banal
que se esquece
no dia a dia
e enriquece
quem dele participa


"Aquí" también…

Si aplicamos la idea, con medios locales – como voluntarios tantos como los que se movilizaron para un movimiento de moda y lo hacemos sólido y sustentable en contexto definido – entonces empieza a gira la bola.

O sea.

Si hay un espacio concreto, y definido (una asociación en la que necesiten tu apoyo técnico y humano – como especialista o simple aficionado – en la acústica… gente con algo de dificultades en términos prácticos (como dinero) puede recibir ese apoyo y tu el crédito de lo que crees puesto en práctica de forma pragmática.


balde representativo 
- técnico - licenciado - 
colocando pintura em todo o lado...
na roupa, na parede... no nariz...
de quem passa
de quem lá esteve
de quem assim faz... e de quem assim diz...
coisas concretas
e discretas
que se podem aplicar
pequenas coisas
dos "meios" e "comunidades"
do lugar... 


Si es espacio es CONCEDIDO – para sesiones pequeñas – en las que se comparta el desarrollo sensorio motriz con otras actividades afines –(como representación teatral, u otras que hagan a la persona salir afuera de su límite e ir de encuentro a su MÁS VALIA – se genera un sistema de cariz humano y humanizante que pode de parte las cuestiones económicas como punto fulcral y las deja donde tienen que estar – como medio para un fin concreto).



aspecto geral
escada normal
feita á mão
para variar
pinturas
acabamentos... coisas simples
se se entreajudam
os elementos
das comunidades
onde sobram
ferramentas
fundamentos
pessoas
meios
coisas
canais
comunicação
e credenciais...

Como sé que – por ahí es posible – tenéis un encuadramiento local “discreto2 y no retumba mucho – y al mismo tiempo la juventud necesaria ara que”algo" nuevo pase, te pregunto si estarías disponible para hablar sobre el tema en términos de estructura de desarrollo.

Yo cuento con las Artes marciales y credenciales y con años de experiencia como Enfermero de Primarias – que ÉS PROMOVER SALUD.


gente que celebra
uma vida
simplesmente
baixo a chuva que cai

casas
estão por demais
a vida
sorri
para quem
a quer
celebrar


Las dos estructuras son válidas.

Si alguien da el puntapié de salida – la cosa puede empezar.


Tu tienes las conexiones con el mundo de la música y la publicidad… si echamos un poco de nosotros – la cosa puede empezar – en un lugar concreto – donde un par de personas – de mayor o menor edad – y con ilusión de hacer una causa válida avanzar – puedan tener la oportunidad de demostrar que son capaces.






Trabalho em comunidade
Todos juntos
maiorais... idosos... voluntários
crianças.. não há funcionários
há mãos para ajudar...
(escavando uma latrina para depositar dejectos comuns)



Ex.mo Sr./ª

O meu nome é Daniel Feijoo e Caldas Almeida Pinto, sou enfermeiro procuro algo de informação contextualizada acerca de possível creditação para VOLUNTÁRIOS em termos HUMANITÁRIOS dentro de um contexto LOCAL e numa ESTRUTURA de APOIO a carências específicas dentro das comunidades mais isoladas (física e socialmente).

A ideia radica em que as mais-valias acumuladas por profissionais ou outros em áreas específicas durante anos da sua vida, possam ser aplicadas sem restrição em termos 2oficiais” dentro das estruturas locais nas que se insiram.



latrina em fase de conclusão
pedras colocadas à mão
cimento.. feito do mesmo jeito
pessoas que sabiam imenso
sobre esa "arte"
falta a tampa
feita de arame entrançado
e papelão para fixar o cimento
com um tubinho
para que o "ar" não rebentasse...
coisas simples...
como levantar um ser humano do chão
dar-lhe tempo
ocupação
e tantas estruturas
da comunidade
que possam ser de forma semelhante
recolocadas
por seres "além da idade"

A ideia seria aplicar uma “clausula” que limitasse o exercício da creditação aos termos e contexto ESPECÍFICOS do VOLUNTARIADO para serviço à comunidade ou grupos dele necessitados…

Seria uma mais-valia em termos dos vários pontos possíveis de aplicação de um “banco de voluntariado” a título circunscrito no que os SABERES e SABER FAZER fossem “moeda válida” dentro do ambiente no que possam servir e promover outras mais valias em termos humanos.


Chefes locais - do centro de saúde e maiorais - colocam canos de esgoto
para passar os dejectos desde futuras instalações sanitárias
ATÉ O MAIS COMPLEXO E DIFÍCIL - COM A AJUDA CERTA
SE FAZ DA FORMA CORRECTA
JUNTOS MAIS FORTES


Formação MODULAR – de módulos pequenos – com duração aproximada de umas 7h, em áreas específicas (ex – motivação de idosos em lares/ instituições de terceira idade para pessoas voluntárias no desenvolvimento motriz de qualidades em risco de degenerescência (que em nada se opõe aos animadores culturais – complementa a sua actividade – nem aos Fisioterapeutas – área específicas que, no lugar – não existem radicadas nas instituições que lhe referi).


Chefe de aldeia com "ferramenta local especializada"
colocar o cimento no chão
quenado há vontade
custa algo menos que nada

especialização, especificidade
acção humanitária local
geral
para seres humanos
com mais dignidade


Este movimento seria para – posterior extensão a outras áreas nas que o voluntariado desprendido pudesse significar mais-valia para a comunidade gerando um modelo de “sinergia” que motivasse outros voluntários – com tempo a escalar, como em associações como os bombeiros voluntários – a poderem circular por VÁRIAS PEQUENAS ESTRUTURAS da COMUNIDADE em risco de se apagar (bairros como já lhe referi, juntas de freguesia e escolas primárias, IPSS como a APPACDM, ou outras de cariz específico na área – seriam desenvolvidas sessões práticas de áreas várias, e sistema de rotatividade – VITALIZANDO -  essas estruturas que estão a  ficar obsoletas e dinamizando um sistema no que os voluntários pudessem circular com comodidade por uma zona concreta
cirurgião em "acabamentos"...
cimentos, portas, janelas, madeiras... 
pinturas... 
apoio incondicional - do "pessoal local"
das crianças, dos idosos
e dos outros "tecnicos" que ajudam
como podem
naquilo que melhor sabem

especialização 
em cuidados gerais
humanização
sem mais



 (de uns 16-20 km ou menos) e desenvolvessem as sinergias necessárias que apelassem à inclusão das várias entidades locais e dos particulares que assim pudessem colaborar – seja com mais-valias económicas, seja com mais-valias de espaço, materiais, ou até informação ou voluntariado.

Atentamente

Daniel Pinto

Contacto via e-mail

danielfeijoo22@hotmail.com

As TUAS IDEAIS
para uma COMUNIDADE CONCRETA
SÃO BEM-VINDAS

Obrigado/a

Sem comentários: