Música

quarta-feira, março 09, 2005


Agrilhoados ao "safar-se" com o cartao de telemóvel para vender ao Malae e o Jornal Semanário local, tenta-se sobreviver como se pode numa cidade de loucos. As revoluçoes - desgraçadamente - só ajudam a reforçar o sistema contra o que se erguem. A única revolta que parece valer a pena está na frase de Crishna num dos diálogos do Bahavat Ghita - "...o guerreiro que se conquista a si mesmo..."

Sem comentários: