Música

segunda-feira, dezembro 10, 2012

SER...


O que somos?

O que somos quando não estamos nos papéis?

Sou o “Homem”?... Sou o “Enfermeiro”?... Sou o “Professor de artes marciais”?

Poderão as escolhas denunciar algo do que se esconde por detrás da máscara… mas serão estes capazes de anunciar o que se encontra detrás do pano na sua totalidade?...

De certo que não…

O desconhecido que se vai reconhecendo através das opções e dos passos do caminho… dos mil e um reflexos vividos – junto dos que acompanham este nosso vagar – será revelado em momento concreto: nunca conhecido – quando o desconhecido assim o dispuser;

Sem comentários: