Música

sexta-feira, agosto 19, 2011

Palavras ao VENTO


Procuras... ver a vida com amor...
Procuras... fazer cada momento especial...
Consegues... plantar em cada pessoa uma esperança...
Espera! Dança!...

Se fosses assim tão genial
Não precisavas de viver de forma banal
Como não o és, passas a viver de maneira normal
Espera! Dança!

Assim, passo a passo deixas de procurar...
Passas a caminhar
Começas a deixar de sonhar...
Espera! Dança!

Se, tudo se resume a rotina
Se a vida se perde e se torna vazia
Se os teus tempos se fazem todos condicionais
Espera! Dança!

Em cada segundo há um gérmen de desespero e um momento de esperança
Espera! Dança!
Em cada pessoa nova há a expectativa do encontro e a desilusão da perda
Por isso espera de todos, dança com alguns... espera, dança!

Se - no fim de contas - não encontras o que esperavas
Espreita debaixo da cama, procura detrás da cortina, olha a árvore na meia noite de Natal

Mas - sempre - por favor, espera... dança e não percas o que fica entremeias, nos ecos dos teus passos na vida

ESPERADANÇA

Sem comentários: