Música

quarta-feira, julho 21, 2010

Life - Eternity

The White Tree
Suave, subtil, efémero… passa despercebido por entre a gente, sopra ao de leve no ouvido, acaricia por momentos o coração …

Simples de concretizar, impossível de explicar.

Pequeno em gestos e detalhes, enorme em abrangência e duração.

Voz fina que o tempo ecoa, grito pungente que se eleva da alma, força pura que tudo anima, vida plena em momentos de paixão.

Para além da emoção, para além do sentimento… está a devoção, o acto concreto de entrega consciente e o regresso à verdade que aninha no peito…

Chama-lhe “a-mors”…

Para além da morte…


Sem comentários: