Música

sábado, maio 21, 2016

vma lagrima e uma rima desde o cev ao ser de ser ver em ventre a mais alta estima a VIDA PLENA assim svspira e se elva qvando o sev novo dia asim ao ser se anvncia



...
qvando 
desde
es
s
@

dis
t
@ncia
...
se dita...
se desdiz..
@ desdita... 

j
@

mais
...
 non
é 
"tida"
...  
nem
@
o
O

s
e
e v o
c a r
... 
se n do
...  
lid@
...
nem
... 
mesmo 
@
s
sim

É
s
e n
do
.. 
...descrit@..

n
e s
s
@
'
@
...
s
v
@
... 
m
o
r
 @da
  d 
@     

assim
T
AM
B
ÉM
c
in    ti
l
@

afinado o tev ser svave pérola domar assim  svspiro e brisa nova qval a terra assim a se saber sentir

ness@
primeira lágrima
ao 
bem se tocarem
non mais sendo
 trocados

os 
sevs
vivos
 fados


desde
O
cev 
-
q
val
 gota de @mor


pelo orvalho
svave
agasalho
qve
diamantes e laivos doirados
deixa ao se entrever
nessa
sva
svavidade

@
lvz
qve non tem idade
desde cedo se recria

ess@ nesse
lvme 
qve se cria
assim
 perdido assim  perdida

lvs e fvso
assim abem saber
de 
novo @ tensar

entre laços vivo
 força fina
 fiel de balança
agvlha antiga
qve

vem 
bem
cedo

se
anvncia

 ora
nessa sva hora asim também
prenvnciasse
espr'ança
desse
ser de ningvém 
@o
sev
porvir
non se sabe ainda bem
...
de 
aonde 
ora
para 
algvém

 desse
seio
mais

cheio

desde
esse 
saber
olhar

desde 
O
cev desse sev olhar
 pleno desse trocar 
O
sev pelo mev
...




dia 
em 
hora 
salva


 asim alva

assim
qval
@
alvorada


desse
novo 
ser 
ao ser
em flor

e
assim  nascer
de
novo
p
o r
e
n
t
r'a
s
sonoros horas nasqve o som se e sbate e nasve alvz ainda menina entra pela janelacristalina e sem formas ainda a bem preencher os sonhos de sva mesma vida a noss amems a vida se revnir qval sopro  bafejado qval sera soprar asim qvase lado alado qval vm  se verdesde vm ovtro vitral
parecido simples sendo assim oval e vm beijo dessa terna idada

essaqve desde sempre  e  r sempra posterioridade deixado em promessa suve e bela qvem viaja e non pesa ali a «e aonde ainda svspira essa nossa  maibela comvm natvreza


mais candidas
as horas mais cedo sentiddas
essa primeira ora aultima essa gota
gota de ardor
qve sendo
se
parecia 
...assim...
qvase perdida
... 


... 
e de entre essas 
todas as estrelas 
vivas 
ainda 
   
se @gitam  
as tais 
nessas 
as mais 
nas 
svas 
doces 
avgoas...  
qve 
vem 
t am b ém 
f oram  
qval svspiro 
vivo e ser @ 
...viver    
ness@ força 
qve 'ind@ 
conform@' 
o tev 
o sev 
Ser 
de amor 
@ssim @ 
ser 
@O se deix @ r 
@o se tran  s  
... cender..*  
e nos cévs 
@ssim 
se veij@m; 
de novo o 
sev advir 
ora porvir.. 
ora aind@... 
ao som desse 
som 
qval 
sono 
de vm 
passado 
aind@ 
senda  
leve 
ainda 
sendo  
en 
tre 
gve  
sem  
c o n 
d e s 
c e n 
d er  
des 
se 
s  
er   
desse 
@nimo  
leve 
des 
de 
@  

promessa 
inscrita 
ainda 
@onde 
 Ia 
@ fl 
    ec 
h@ se lê 
ora 
se el 
eve ora  
leve @mens 
agem em si 
mesm@... 
n@v 
dit 

Sem comentários: