Música

segunda-feira, maio 23, 2016

VMA AVE DE AZUL NAS CHAMAS DOIRADAS NO ETERNO ENTRIA ALVZ E A TREVA QVE VEM E SE PROCL@M@ @PENAS @ IGNEA @CH@M@R E TRAZER DE VOLT@ O PRENVNCIO DE BEM @MAR


qve espera por sempre
qvem bem ama assim realmente
qvem bem ser amar em hora sendo entregve 

e
qvem
parte
chora

qvando
assim
O
sev ser
se
ressente



e

qvem
bem
se 
sente

@
s
sim
bem
@baraçar


 e 

qvem bem

@br@ç@
trespassa
@
vidraça 

q
v e
m
ais
d
es sa
s
m
I
l
p
@ l @ v  r@ s

q
ve
@ind@
es
t
@v@m 
b@
fe
j
@r


sendo
assim

qval candeia 

q
val vel
@
a s
sim
 integr@  e  inteir@




ess@
fo r ç@
@

s@ b er
svs
pir
@
r
 e 
n
e  s
s e o v
v I d
O

 e s   s e

r
v
m
O     R
 j
@  m @
I
s
e      s
q
v
e
c
I
d
O

 essa
h
a r m o
n I @
ve  ve
m
e

p
@  I    R @
e    s   e
en
t
r
ela
ç
@


b
 e   m      s   e 
d
e
I
x
@


d
e
p
 o I s 
r
e
p
o v s a r


n
esse
ven
t
r
e
@       s
s
I
m
@


e       r        e
e t  I

r

 nesse seio
assim sendo

saber
r
 e s
s  v
r g     i r


e
n
es

s a

mente
@bert@

@
p
O
R   t  @
a
o
 mais 


fiel
presente

nem passos nos nossos dados

 nem nesses ecos dos mais frios ditos

@
  mais
non
!
 nomeados

nem 
p
or 
en
tre

o s s o
n
h
o s

evan  e  s  c  entes


e
s
i        m
 
f

e i        x e
d
e s  s @
 l
v z

 p
ri m        e ir
@
 e 
@
s v a

m
e  t  a
@

d
e                r
ra
d
      r a





amar assim
além da mente
astro
qve traz a mensagem
desse ser transcendente


qve vem e aninha
ali e aonde o ninho ainda jaz... vazio ora @ vagar
nessas ternas 
ora
eternas
v a g a s



de
vida 

es s as
as
t
ro v as
@ind@
@

saber
ser
ora
@
preencher


d
eva
gar
em
v
aga
r
es


e
em
paixão
compaixão 

d
e s s e s
se   vs
d
oc es
svs
pir
os

mais doces
amados rios


f
l      v
I
d
o        s
s e r e s


@
s e  r
e
m
@
I
n
d
@    @
nas         cer



 flvídos sonhos ainda @ saber conceber

e
d
o        s
flvídos maior es            se ndo  aspirados


e s s e s




 q
v  e
d e   s d
 e 

@
n                                  t

    e                          s 

e  o  


j
@
bem
o s
l
e v
a m o
s

p
or

t
o d o 
l
 a  d  o
e       e
  m 
d
 e
-
r
e
d
o      r
@


I      V
s
 D                 @

V
I
D                @
 E      @

F
 O    R      L      Ç   @ 
D E O S E
 R








assim de maneira afim seres pares 
assim desde o maior confim ao ser 
desse centro... @! rocha... 
rochedo @h! cadente!...  
qvem vai e vem e voga e vai de novo por entria treva e ess@ sva doce sonora 
imagem qve bem sabes - qvaise vantas ainda sendo - sedes de vida.. perfaz... 
onda assim sendo a viva e sendo vive por ali e esse mais além... e por aonde 
ainda bem se sabe.. so pesar... ora sendo o sev conto o recanto qve se deixa 
@ elevar ora @o levares... sempre se diz "@lento"...ainda qve vem e voga... 
e gire o mvndo... trova O vniverso... assim ainda sendo aceso por dentro... 
o espaço o tempo e sva real verdadeora qvalidade assim todaorao todo passa 
@i nesse centro assim... no sev mais alto assento... ora assentir... desde 
 @ fora de si em ti em mim desde o mais cedo qve cedo - assim se compraz... 
sem ter sido... comprazido - comprazid@ a sva hora e nos honra e nos perfaz  
sem ter de ter de ser reqverido... reqverid@' ora @ reqverer... vem e voga: 
       contigo e assim  
vem               por  
o  
SER 

Sem comentários: