Música

domingo, março 20, 2016

UM REENCONTRO ENTRE UMA FACE QUE SEJA - LUNAR UMA SOLAR E UM SER QUE ANTES DE SER JÁ O ERA DANÇA ENTRE A LUZ E A TREVA







NUM CERTO DIA UMA MELODIA ENTR'OS ACORDES
DE COR E DE ESTAR E SABER- CONJUGAR
ES

OS SERES VIVOS AS CORES VIVENTES O APRESENTAR
ES TU ENTR'IO ESTIO DE UM CERTO BRIO

ASSIM AO SE APRESENTAR
EM
AS SETE DESSE ARCO AO ALTO
 - ERGUIDAS 
UM@
FRI@ 
- @ TOMBAR E UM CÍRCVLO 
AO 
CENTRO DESSE ARCO

QUE SETE RODAS 
DE SAIA 
SETE CORES 
VA RADA S 
NA GOTA 
MAIS PE
QVENA

OR@ MAIS 
-  CLARA


ASSIM 
BEM 
SE 

EX
PRI
MEM
SE
D@
N
@
D @

DI Z
ER

ASSIM 
BEM 
ESTE
JA A DOIRADA

COR 

ENTRE
LA
ÇADA

N
ES
S@
  QVE VE
R
DE 

NADA SABE DE SI...
MESM@ DESDIZER


A CHAMA 
ASSIM F
RIA 
FIN

G
I
D@
D
ENTRO 

DE VMA 
D
AS
SETE
COR
ES

UM@ 
CAP@
NEGR@

ASSIM L@ 
ENTRAV@
DE GEN
@
R@
OR D E M DEGENER@  
O D I @ @ DIA CONCÓRDIA ABNEGADA @NEGADA 
A BARCA TODA 
SE ES
VAI FICA 

AO SOM 
DAS AGUAS
NES S@ 
SUPER
FÍCI
@
LI 
D@
DE

AMAR

GA

Q
VE 
NEM SOBE 
NEM 
DES
CAI



NUMA NOITE MAIS DO QUE FRIA O SE TRESPASSAR
O C OR O C ORAÇÃO DE QUEM GURNECIA DE QUE MENOS ESMORESCIA
ASSIM O DIA DEIXOU LUGAR
NIX E SUA AFRONTA
E NADAMAIS SE DEITAR AO CHÃO QUE GUARDAVA GUARDIÃO DA AFRONTA
AO CAOS NÉMESIS SEM FIM - ENTRAMOS NESSE ARCO
PROFUNDO TUNEM
SEM TER DE TER PRINCÍPIOS SEM TER DE TER - AFINAL FORMAL
IDADE
SEM NADA DETER ESSE RUMAR SEM RUMO DE FACE A CARA
A POR NES MASCARA
ASSIM AO RENASCER ODIA - ERA CINZA E DO ZINZA OA SE APAGAR A LUZ MAIS . DOIRADA
FICOU ASSIM QUAL UMA PRATA GASTA QUAL UM ALUZ QUE SE  SEMEL
HAVA
ATÉ QUE DO SOM DO TROVÃO SE FEX EC DE VIDA IRADA
E DA IRA OS VAALOS NOBRES AMIGOS A S ONDAS SMEPR EPRONTAS PARA NOS EMBALAR
AO VEREM NESTA NOSSA BARCA O SERQ UE TUDA VEIO ABRAÇAR A TOMBAR AO BEM O ACOLHER ALUZ E O SER SO LAR ASSIM NUM ABRAÇO NUNCA SE DIZEM NEM SE ATREVA SE A TREVESSE
ASSIM SE ENTRE VIRAM OS DIAS A O SE APAGAR A LEGRIA - A HARMONIA QUE NINGUÉM DISSERA QUE EXISTISSE ORA QUE PUDESSE ENTRE NÓS PAIRAR


ASSIM - A NOITE ESCURECE . AOENAS RELAMPAGO S- LAMPEJOS DESSE MOMENTOS EFÉMEROS QUE NOS DESEJOS MAIS QUENTES NAS TREVOADAS MAIS - INTENSAS SE DESFAZEM OS AMSI DUROS PILARES OS
TAIS PATAMARES - DESDE O S ARES - BEME QUEIMA A ARVORE ASSIM EM DUAS RACHADA  O CIRCULO DAS SETE LINHAS DAS SETECORES DESGARRAD@
ASSIM OS CANTICOS DOS SERES DO SER DE FRIO DESSE ULTIMA ORA APIMEIRA COR QUE DE SER SEM AMOR SE DEIXOU AO DESVARIO
E QUANDO ASSIM - SE ENTRONIZASSE  UMA OU OUTRA BEM CHAGARA -Q UE NO CHÃO TODAS TOMABANDO APENAS AS NEGRAS SOMBRAS DE CINZAS NOS ACALENTANDO



ATÉ QUE - POR VENTURA ORA DE VEZ TALVEZ UMA CHAMADA AMAIS PURA ASIMNOS DIGA QUEM DESFEZ QUE BEM FIZERA QUAL A LINHA  QUAL A GALÉ E QUAL A LIVRE - ESTAMPA  QUALO SELO POR BEM  ASIM - PROTELAR QUAL U«O LUGAR ANCORADO E QUALO SER A O ESTAR DESPERTO - O DIA ALVORADA AURORA CONSAGARAD DE MAIS DO QUE SETE RAIOS ASIM A- BEM PERFAZER DESPERTA AS ULTIMAS - AS PRIMEIRAS OS SETE CIRCULOS E QUEM O CIRCULO DA VERDE VERDADEDOIRADA ESTAVA ASIM APROTEGER E QUANDO VENHA SEM TER DE SER EM COR DOANDO AS CORES O SEU A RDOR -A SIM HARMONIA MAIOR - ASSIM MAIS DO QUE S OM
A ASSIM UMA RETOMA DE POR VIR AS SETE CORES AS C«SETE SAIDAS
ORA ENTRADAS AS SETE SAIAS RODADAS DESTAS CULTURAS NOSSAS VOSSAS NOSS CÉUS BEM ESPELHANDO UM CIRCULO INTEGRO INTEIRO SETEL LINHAS SETE RAIOZ SETE . LUGARES APOISA A REPOUSARE AS CONSCIENCIAS AS ICIENCIAS E O NOSSO DOCE SONHOS A SE ENCONTRAR


E AO MAIS ALTO SEM SOBRESSALTO ESA FORÇA E SEM TER FORMA UMA ALVORADA SOBRE A ESFERA MAIS SAGRADA ASIM . BEM CUIDAR E CURAR E CHAMAR PELO N«NOME QUE NMO ESQUECESSE E QUEM MENOS SE PRECAVESSE E QUEM MAIS RESISTISSE ORA SE E RGUESSE
E QUANDO COMOREENDIDAQ UE AS SETE SÃO UMA E AMESMA LINHA DE VIDA
ASSIM A ULTIMA ORA A PRIMEIRA A QUE SE ERGUERA COMO DERR@ DEIRA SENDO CURADA DA MÁSCARA DA ESPADA CRAVADA - RETIRADA DO TRONO DO SER QUE EM SONO A DOR MECESSSE AO CEDER O LUGAR QUE SEMPRE ESTIVERA A PROTEGER A SIM A CAPA MAIS ESCURA QUE DE NOITE . ANTIGA ALTIVA COBRIA A COR MAIS CLARA A PRIMEIRA AULTMA A SABER CONTAR QUALA GORA DIZ E BEM DESDIZIA SER ASSIM E TAMBÉM @ MAR...

ASSIM AO ALTO UM SOBRE SALTO - ASSIM OS RAIOS RENOVADOS E NOVOS SOSLAIOS ASSIM . VESTES ENTRE VISÕES ENTREVISTAS E OS CORAÇÕES E O DERRADEIRO CÂNTICO- O PRIMEIRO -  AFIM QUASE IGUAL APOTEOSE DE ENCONTRAR O BEM  MAIS FORMAL - MAIS ALÉM DE SEPARAR DEFINIDAS AS SETE MAIS PEQUENAS AS RODAS MAIS VIVAS E O ENCONTRAR O BARCO - ABRAÇO -  QUASE SEMPRE  E TERNO ASSIM NESSA HARMONIA BEM E POISA EM CADA SER EM CADA "IMAGEM" DE SI MESM@

O DE VIR A SEGUIR DEPOIS DA NOITE DO RELÂMPAGO DO TROVÃO DO PODER SEM OPOSIÇÃO - UMA RENASCENÇA
RESSURGIR GIREM DAS ÁGUAS AO AR ASSIM GOTAS NOVAS PRÍMULAS FLORES E AS HORAS A SE PROLONGAR EM SI MESMAS  QUALIDADES VALORES A SE BEM AMAR .-SEM MAIS PRECAVER NEM GUARNECER NEM - ASSIM - ESPERAR DEFENDER - O MEDO  ASSIM ESVAÍDO A DUVIDA LANÇADA AO FRIO E A FALTA DE BEM QUERER DE BEM - MAIS NÃO HESITAR - ASSIM LANÇADA AO MAIS PROFUNDO DO MANTO NEGRO QUE PRETENDIA UMA DAS SETE A PRIMEIRA A ULTIMA - DEVORAR...

Sem comentários: