Música

terça-feira, fevereiro 23, 2016

O POEMA ESTÁ AO PRINCÍPIO - PARA OS "CRÍPTICOS FIC A O QUE SE TINHA DITO PER SE VER AR

DIRECTAMENTE desde o coração até que a sua chama a sua vida se elevem na tu amão e quando assim- cândida serena... também a concebas... ora a concedas...
 assim 
sendo
também 
será
qual
essa
a
nossa
nova
alvorada 
por 
entr'a noite
A
mais 
fria 
e
duvida 

errar

asim
e
por
sempre
errada
ali e mais além e longe 
de 
A
onde
bem 
queira
'nda
em
 nós
s a
v i
d
A
imperar





assim
mais não sendo
por 
entr'o  estio... 
...frio e o tempo...
cinzento

des'
u
m
A
P
rimeira 
vez ao te con tem plar

ÉS

tal 
q
val 
és 
sem 
duvida 
sem 
medo
de
errar


t
v
assim em mim
...
pela primeira vez

A fim

 assim
chama de vida
és 
ser vivente

assim qual ser livre por entr'o o mundo 
A
vida e entr'o
 todo 'ind
A

VIDA

LIBERDADE

PERSPECTIVA

 DE
 V
M
A

O
V
T
R
A


A 
MA
I
OR

A
LÉM
DES
S
'
A

A 
TAL

A
 IDADE

esta nossa voz e a gente em nós ainda entre-tecida
quando haja
 o
mel
 e o 
A
g
ro
 o 
milagr@'
seio
de
vida

dessa
a
dádiva 
desse
saber
voltar
vi
ver


vi
o
dia
em ti voltar a renascer
aidnaq ue anoite
ainda em mim me diga
para
por bem
te es quen cer
es
graça és caminho 
em 
força de viver

so
zi
nho
és
vento na eira
 és 
a TAL
primeira 
ora 
última
(quem bem saberá estar ora fugir ora deixar...) 
é s a 
ver
dad
ei
r
A






assim
mais
se
enternecesse
 asim o Verão
jamais
s'es

AQUECE'
o
c
en t ro
desd'a
dentro

  e  
A
PRIM  A VERA 
G
A
N   H
A
 A 
S
VA  VE
R
D  A
E I R
A
P
E   R
S
P
E      C
T
I
V
A


a
gente 
a
penas

 n
ós e to
d
os 
em 
d
er re
d
or
  v m a 
e
s
p
e     r
an
ça   sv
s T i
da
u
m
A

F
l
o    r
d'a
nn
o     r

A
V
er
A
s
em
 amor de um dia 
sem ver
so
l
'
ES
TI
CI
O

E    Q
V    I
L    I
B
RIO
DE 
F
OR
M
A
S
E        M 
T
E            R
F
O  R
M
A V  E
R
A

 e saber de cor assim sem saber ouvindo te  
assim
sem sentido ora ao centro sem direcção assim ao sentir mais além
deste 
tempo 
deste
 espaço
(...) 
de
Ser
és
'in
d
A

q
vés
 e
A
'IND
A
 mais
 não
mais
nvn
c
a
mai
s

d
ei
A
n
nen
or

b
em 
s
eja
tv
p
or se
mpre
ali
e
a
onde 
es
s
a
no
s
s
@ '  S
F
C
or
ça
a  i
n
d  a
'
(bem se beja)
O
s
eja


talvez tal qual bem a beirar 
umA flor de luz e umA 
flor ao lugar

 assim
q
va   l vm
Ason      nbrA 
de
A
 um 
A
T
a
l
pe d ra


que
SIG
A       E 
SE
J
A
luz i dia
~      ~ 
as

sim 
se 
gvi
 r
i
a a
s
s
i
n         n 
s  e 
e       r 
g
v
er ia




...A
r
d

e    n
T
r      e 
e
n              n
p      l      e
n
o

 ...D    I     A...



d
e   i
x
a r a
s
d
e  o
s
e    r


sentido e sentimento
V
m
F
l
or
d
e v
i
d
A
 n  V   n
n
A  n      n A
r
T

A        @
c
e          n
T
r          o







Sem comentários: